Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Então é isto que são os SWAP...

Já casquei aqui vezes sem conta nos bancos com quem trabalho. Que são uns larápios. Que cobram taxas por tudo e por nada, mais as vezes por nada...

Hoje (para variar) ligam-me já eu estou em modo offline (que é como quem diz "estou-me bem a borrifar se o mundo implode, quero é beber o meu café e relaxar"...

- Estou sim, senhor Gato Pardo? - perguntam.

- Siiiiiiim.... - respondi com uma voz mistura de Adolfo Luxúria Canibal dos Mão Morta, Fernando Ribeiro dos Moonspell e Sónia Tavares dos Gift (sim, adoro a Sónia mas tem a voz feminina mais bagaçeira que conheço).

- Fala XPTO, o seu gestor de conta do Banco XPTO. Podemos falar um pouco?

- Você pode falar, eu deixei de o ouvir a partir do momento que disse gestor de conta...Não tenho dinheiro!

- Era para lhe apresentar um novo produto com condições extremamente vantajosas...

- Se é para me dar dinheiro, tudo bem. Se é para emprestar, está fora de questão. Se é para lavar dinheiro, posso-lhe dar o nº da minha vizinha do lado, ela ter ar de traficante colombiana...

Ora conversa puxa conversa e o produto em questão é um SWAP. Sim, os chamados produtos tóxicos de que tanto se fala.

Deixo-vos aqui um cheirinho do quão malucos estes produtos são...

 

Imaginemos que temos 10.000€ parados a ganhar pó e decidimos investir a guita algures. Como as ilhas paradisíacas não estão em saldos e as barracas nos bairros sociais não são de momento apelativas, decidimos questionar o banco sobre produtos de risco. Eis que surgem os SWAP. Produtos de risco elevado mas com taxas de juro substancialmente acima das praticadas actualmente. E perguntam vocês "mas quão elevado é o risco numa gaita destas?"...

Bem, na minha gaita ninguém faz riscos, elevados ou não. Ok, após a piada pornográfica da noite voltemos ao cerne da questão. É risco elevado porque aquilo está indexado a 300 mil factores distintos interligados uns com os outros que só por obra e graça do Espírito Santo é que acontece. Só para terem uma ideia, é mais fácil um geek a destilar virgindade por todos os poros e cheio de borbulhas de acne ter uma semana de sexo desenfreado non stop com uma equipa feminina de voleibol sueca do que um produto destes ser minimamente viável.

10.000€ a 5 anos mobilizável com juros anuais a 3,40%, mas...se resgatado antes do tempo perda total dos juros e...PARTE DO CAPITAL INVESTIDO!!!

Ou seja, investe-se 10.000€, ganha-se 340€ por ano, tem de se entregar 22% disso ao estado, ficam 270 e mais uns trocos para o café. Ou seja, ganha-se 1300€ num ano, isso se...a taxa euribor a 12 meses não alcançar um determinado valor, o preço do petróleo estagnar, não rebentar mais nenhuma guerra civil na Guiné Bissau, os homens brasileiros virarem eunucos, o Ronaldo não comer mais nenhuma fulana que vá dois minutos depois chibar-se à imprensa and so on. São tantas as variáveis que prefiro gastar o dinheiro num revólver, uma bala e brincar à roleta russa. I have better odds...

Please God, kill me now!!!

Senti-me nervoso...Já lá iam anos que não me sentia desta forma...O suor escorria-me da testa...As mãos tremiam antecipando o que me esperava...Jurei a mim mesmo que evitaria o mais que pudesse este dia...Ganhei coragem...Respirei fundo...Dei um passo em frente, decidido...Abri a porta...

E ENTREI NA AGÊNCIA BANCÁRIA!!!

Odeio agências bancárias...Por variadíssimas razões...Primeiro que tudo, odeio aquelas filas enormes (parece mais que estou numa sessão de autógrafos do Tony Carreira que num banco)...Depois, odeio que 90% das filas sejam velhotes chatos como a putassa que falam mais alto que os tipos que se metem em cima das carripanas nas feiras a vender atoalhados e napperons (e não leva dois jogos de cama...nem três jogos de cama...leva só um, um conjunto de facas de cozinha e uma enxada pró tio Manel ir cavar as batatas pró quintal...Tudo isto não por 5€...Nem por 4€...Tudo isto por 80€...Quem dá mais, quem dá mais???)...E depois há sempre um cheiro...esquisito...Não, não é esta a palavra...estranho...Não, também não é esta a palavra...Nauseabundo...Isso...Nauseabundo...Estão a ver uma ETAR?É mais ou menos isso...Meia centena ou mais de pessoas num espaço fechado a destilar odores corporais como quem acabou de correr a maratona de Lisboa e obtém-se o sacrifício pelo qual tive de passar hoje...Tudo isto para depositar a porra de um cheque...Porquê?Porque as máquinas da entrada que permitem fazer o depósito dos ditos estavam avariadas...

Presto a minha vénia a todos os trabalhadores daquela agência bancária...Não só são poucos, como levar com aquele bedum todos os dias, deve ser de levar uma pessoa à loucura...E nem sequer uma mola da roupa no nariz, podem levar para o atendimento...Desumano, sem dúvida...

Uma das coisas que reparei, é que está tudo muito diferente...Agora em vez de balcões enormes a perder de vista, o banco tem pequenas ilhas espalhadas pelo espaço, tipo aquelas ilhas da micronésia que desaparecem quando a maré sobe...Até fiquei com a sensação de ser um gajo cheio da guita, tal a modernidade do espaço...Ainda fiquei na vã esperança de ter tratamento VIP, mas depois lembrei-me que para além de não ter onde cair morto (ainda me restam 5 vidas, e os funerais estão caros...) aquilo não era o BPN, logo não tinha lá um gerente para fugir com o meu dinheiro...Ah, nem outro para forjar um suicídio e ficar na mesma com o meu dinheiro...Não só são uns trafulhas, como têm uma capacidade "houdinesca" fabulosa...

Finalmente lá chegou a minha vez (uma hora e meia depois...) e lá consegui depositar um mísero cheque...É por isto que eu adoro o serviço home banking...

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Julho 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D